Herpes Labial na Gravidez – É prejudicial ao bebê?

Herpes Labial na Gravidez – É prejudicial ao bebê?
Rate this post

A herpes ocasionada durante a gravidez não prejudica o bebê e muito menos corre o risco de passa herpes labial para a criança ou gerar outros problemas durante a gravidez. Durante a gestação é comum o surgimento da herpes, porque é nesse momento que ocorre um enfraquecimento do sistema e a imunidade da gestante tende a diminuir e, consequentemente, surgem as feridas da herpes na boca, que pode acabar causando coceiras e ardências.

Herpes Labial na Gravidez - É prejudicial ao bebê?

publicidade:

Herpes Labial na Gravidez prejudica o Bebê?

Apesar de não ser considerada uma doença perigosa, a herpes genital pode ser bastante arrisca a saúde da criança, pois pode acabar transmitindo o vírus para o bebê durante a gestação, através da placenta ou no momento do parto – caso a gestante tenha herpes ativa na região intima. Se a gestante tiver herpes labial não é aconselhável beijar o bebe logo após o nascimento e procurar lavar sempre as mãos.

Herpes Labial na Gravidez – Tratamento

publicidade:

Assim como os tratamentos comuns da herpes, durante a gravidez, o tratamento pode ser feito com pomadas antivirais ou medicamentos orais, como o Aciclovir, Farmciclovir ou Valaciclovir. Lembrando que a medicação deve ser prescrita por um médico. Outro tratamento alternativo para as gestantes é o extrato de própolis para aliviar a inflamação e a cicatrização da ferida.

Conte-nos um pouco sobre a sua Herpes